Petição por uma Ciência mais Rigorosa

Os Universitários pela Causa Animal elaboraram uma nova petição, no âmbito da experimentação animal, e estão em processo de recolha de assinaturas.

Assine aqui e divulgue!

Anúncios

Cães e Gatos não são Lixo!

Vídeo da acção de sensibilização “Cães e Gatos não são Lixo!” realizada pelos Universitários pela Causa Animal no Chiado. Esta acção consistiu na filmagem das reacções das pessoas que passavam por um caixote de lixo fechado de onde soavam latidos. Acção realizada em parceria com a União Zoófila, que nos cedeu fotografias dos animais que se encontram ao seu cuidado para adopção. Baseado numa campanha de adopção realizada no Brasil.

Alunos da Universidade de Évora pintam ovelhas no evento Ovibeja.

Os Universitários pela Causa Animal repudiam, por completo, esta pretensão a arte de um grupo de alunos da Universidade de Évora e do artista Pedro Portugal. A arte não deve sobrepor-se ao bem-estar e integridade física e psicológica de indivíduos sencientes que não possam participar na tomada de decisão envolvida.
Assim sendo, pedimos que façam chegar e-mails a sensibilizar Pedro Potugal (pportugal@ip.pt) para a situação, pedindo que a mesma não se realize (pedimos também que o façam de forma calma e ponderada).

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=621997044559112&set=a.107586039333551.14499.106388969453258&type=1&theater

Animais são agora, legalmente, “seres sencientes” em França.

Em França os animais adquiriram, finalmente, um novo estatuto legal que os considera seres sencientes – e não uma simples peça de mobiliário. Um passo em frente importantíssimo para os direitos dos animais.

Para quando em Portugal?

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/europe/france/10771361/Pets-no-longer-just-part-of-furniture-in-France.html

Cientistas criam Corpo Humano Artificial para Acabar com Testes em Animais

Uma notícia que traz esperança para a abolição do uso de animais em ciências biomédicas. Da nossa perspectiva de activistas, este projecto tem a potencialidade de diminuir a experimentação animal. Da perspectiva científica, permitirá reduzir os erros resultantes da inferência do conhecimento biológico humano a partir dos animais.

http://greensavers.sapo.pt/2014/04/04/cientistas-criam-corpo-humano-artificial-para-acabar-com-testes-em-animais/

Abate de Animais Saudáveis em Zoos é “Prática Comum”

Esta é apenas uma das muitas razões pelas quais nós, enquanto cidadãos e consumidores, não devemos apoiar os jardins zoológicos. Não devemos frequentá-los, nem devemos levar as crianças a acreditar que são bons sítios para os animais.

Não apoie zoos.

http://www.veterinaria-atual.pt/news.aspx?menuid=67&eid=8699

Os Animais não são Palhaços

A razão pela qual a mudança se inicia a partir de cada um de nós:

É o consumidor quem decide onde gastar o seu dinheiro quando entra no supermercado, escolhendo comprar um determinado produto e não outro. Da mesma forma, é também o consumidor que decide qual espectáculo quer financiar. Se uma ida ao teatro, a um concerto ou a um circo.
Em Portugal, a legislação não proíbe a utilização de animais não humanos em espectáculos como o circo. Assim, durante o período natalício, é comum a existência destes chamados espectáculos, onde animais não humanos são forçados a agir de forma não natural, submetidos por humanos através de actos física e psicologicamente violentos. São escravizados e explorados durante toda a sua vida.
Ora, se é o consumidor (a procura) que define a oferta, o nosso apelo vai no sentido de que não financie circos que utilizem animais não humanos. Em qualquer que seja a circunstância, pense que a sua ida está a contribuir para a perpetuação do sofrimento destes animais.
O primeiro grande passo é a escolha de não financiar estes circos.

lion

Parlamento aprova criminalização dos maus tratos a animais domésticos.

Este foi um passo importantíssimo para movimento pelos direitos dos animais. Graças à Associação ANIMAL e à colaboração de vários deputados dos mais diversos partidos, a crueldade para com os animais domésticos passa a ser considerado crime. Uma vitória inédita e que traz esperança para o futuro.

lei animais

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/parlamento-aprova-criminalizacao-dos-maustratos-a-animais-domesticos-1615328

Debate “Raças Perigosas ou Leis Perigosas?”

5 DE ABRIL DE 2013

Debate  Raças Perigosas ou Leis Perigosas?” com Alexandra Pereira (Vet. Municipal) e Isabel Ramos (União Zoófila).

Descrição: “Não há raças de cães perigosas”, afirmam variadíssimos/as especialistas do comportamento canino. No entanto, temos uma lei que discrimina cães em função da raça e condena à morte qualquer cão que ataque um ser humano. O que está por detrás destes incidentes? Como podemos evitá-los? Qual o papel da lei? Como proteger os animais humanos e não-humanos?

Organização: Espaço NOA | SPedH | UCA

Local: Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Anfiteatro 1.3.14.

Hora: 18h

Raças perigosas site